Responsabilidade com o meio ambiente

A preservação do meio ambiente é a essência de qualquer desenvolvimento sustentável. E isso vale para todas as empresas. Por isso, a HARIBO deseja dar sua contribuição.

Carro elétrico azul HARIBO em estação de carregamento
Carro elétrico azul HARIBO em estação de carregamento

Os desafios ecológicos e climáticos estão cada vez maiores. Ao mesmo tempo, a preservação do meio ambiente é o pré-requisito necessário para um desenvolvimento sustentável. É por isso que na HARIBO a responsabilidade pelo meio ambiente é de extrema importância.

Para nós, trata-se principalmente da questão da embalagem: Como deve ser o design da nossa embalagem para garantir a qualidade ideal de nossos artigos? Quais requisitos de segurança alimentar devem ser atendidos? Como fazemos isso com o menor uso possível de recursos? Como podemos aumentar ainda mais a reciclabilidade dos nossos materiais de embalagem? E: Quais as alternativas, em termos de materiais ou tecnologias?

Embalagens - seguras, e limitadas ao mínimo possível

Embalagem para proteção e segurança

As embalagens de alimentos têm uma função principal: proteger seu conteúdo. Para tal, aplicam-se rígidos requisitos legais (na UE, por ex., o Regulamento CE nº 1935/2004). O conteúdo da embalagem deve estar protegido contra contaminação e deterioração. Além disso, a embalagem amplia as possibilidades de transporte e permite um armazenamento mais longo - sem qualquer perda de qualidade. E, dessa forma, ajuda a reduzir perdas nos alimentos produzidos. Isso é bastante importante, porque, muitas vezes, a produção de um alimento exige recursos não envolvidos na fabricação de sua embalagem.

Embalagens na HARIBO

A HARIBO dedica uma atenção especial a suas embalagens. Via de regra, usamos um único material de embalagem (o chamado monomaterial): Polipropileno (PP). Em princípio, esse plástico pode ser facilmente reciclado, desde que haja estruturas e processos de descarte adequados - e que sejam usados. Os compósitos, mais difíceis de reciclar, e as embalagens com vários itens são a exceção absoluta na HARIBO. Atualmente, as embalagens dos produtos HARIBO já são mais de 90% recicláveis - certificadas pelo renomado instituto de testes cyclos-HTP.

Em 2019, conduzimos nosso próprio estudo com os 100 doces e snacks mais vendidos na Alemanha (segundo a Nielsen, para 2018*) para determinar a relação de peso entre o conteúdo e a embalagem - para efeitos de comparação, sempre com base em 1000 gramas de produto. Resultado: Todos os cinco produtos HARIBO entre os 100 mais vendidos ocuparam as primeiras posições com seu baixo volume de embalagem. Nossos produtos também tiveram um bom desempenho em termos de reciclabilidade de suas embalagens: As embalagens dos cinco produtos HARIBO listados eram 100% recicláveis.

* Na classificação Nielsen, as marcas não foram apresentadas pelo nome. Portanto, os cálculos referem-se aos 76 produtos conhecidos pelo nome dos 100 principais.

Embalagem e reciclagem

A recuperação de matérias-primas usadas em ciclos fechados é uma das chaves para minimizar o consumo de recursos - e, ao mesmo, tempo economizar muita energia. Este princípio de ciclo pressupõe duas coisas:

  • um setor de gestão de resíduos em operação (como na Alemanha, por ex.)
  • os materiais recicláveis - por ex., as embalagens dos nossos produtos - devem chegar à empresa de gestão de resíduos; e pré-selecionados, de forma que possam ser separados uns dos outros e conduzidos ao processo de reciclagem de fato.

A qualidade das matérias-primas recuperadas (os chamados reciclados) como materiais de base está cada vez maior; na área estritamente regulamentada de embalagens de alimentos, contudo, ainda existem certas limitações. Um exemplo disso é a necessidade de se evitar impurezas durante o processo de reciclagem - uma separação seletiva dos materiais pela empresa de gestão de resíduos é o pré-requisito para o uso de reciclados em embalagens de alimentos.

Um grande desafio para a reciclagem são as estruturas de descarte inadequadas ainda em uso em muitos países ao redor do mundo. Sem estruturas apropriadas, fica inviável o uso de materiais de embalagem recicláveis.

Desenvolvimento contínuo de nossas embalagens

Estamos sempre trabalhando para aperfeiçoar nossas embalagens. Seguimos basicamente três abordagens:

  • Redução de embalagens
  • Aumento da reciclabilidade (o chamado Design for Recycling)
  • Materiais alternativos

A questão da viabilidade do papel ou do bioplástico (assim como dos plásticos de base biológica, biodegradáveis​ou compostáveis como um todo) para a fabricação de embalagens tem sido avaliada de formas variadas. Algumas organizações ambientais chegaram à conclusão de que esses materiais de embalagem - com base no estado atual da ciência e tecnologia - não têm impacto ambiental menor do que os materiais de embalagem à base de petróleo, em uma perspectiva ecológica geral.

No entanto, continuaremos monitorando ativamente os desenvolvimentos tecnológicos nesta área e ponderando aplicações potenciais para que, na perspectiva de sucesso, possamos testá-las.

The page you are viewing does not match your location. Click here to select your country and see the content for your location.